Limite leste do Império romano, refúgio dos primeiros cristãos, terra que passou de mãos em mãos até ser parte integrante da actual Turquia. A Capadócia foi vagando ao ritmo dos tempos, mas nunca deixou de ser uma região marcada pelas erupções vulcânicas de há milhares de anos que lhe esculpiram a superfície e moldaram a tenacidade dos que a habitam, seja em cidades, vilas ou aldeias trogloditas.

Capadócia, conhecida pela sua singular paisagem lunar, as suas cidades subterrâneas serviram de abrigo aos antigos cristãos, bem como as suas casas e igrejas escavadas nas rochas. Das belas planícies turcas elevam-se as formações rochosas que se assemelham a cogumelos, são as “chaminés-de-fada”. Elas estão de uma forma que quando se olha pensasse logo num formigueiro gigante, tudo por causa das casas moldadas dentro das encostas. As cidades ficam escondidas nas encostas e as cavernas provenientes das “chaminés-de-fada” abrigam belas igrejas, todas da era bizantina.

Por tudo isto, formam uma das mais belas regiões da Turquia, a Capadócia. Situasse no centro do país e poderia muito bem ser um cenário de um filme de ficção científica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *